escolha o destino:
Guia de restaurantes baratos em Lisboa
partilha

Em Lisboa, é fácil conseguir uma refeição por menos de 10 euros. Espalhados por toda a cidade, existem muitos restaurantes com pratos baratos que, mesmo complementados com bebida e café, ficam abaixo dessa bitola. Para verificar isto, pode consultar os menus afixados à porta dos restaurantes, onde constam os pratos (em geral, comida tradicional portuguesa) e os respetivos preços. Em muitos casos, oferecem-se meias doses, um pouco mais pequenas de que os pratos normais, que custam entre cinco e seis euros. Os pratos do dia também são uma boa alternativa, geralmente são mais económicos e despachados para chegar até à sua mesa. Alguns restaurantes dedicados a uma gastronomia específica (indiana, italiana ou turca), apostem também em preços acessíveis.

classificação
10 /10

1 - A Valenciana

Embora A Valenciana seja reconhecido principalmente pelos seus grelhados de peixe e carne no churrasco, este restaurante confeciona e serve outros pratos bem típicos da cozinha portuguesa. Destaque para especialidades como a mão de vaca com grão, o bacalhau à Brás, o arroz à Valenciana, a feijoada e o cozido à portuguesa. Para a sobremesa, deleite-se com uma delícia do céu ou um semi-frio de morango. Se preferir saborear a sua refeição no conforto de casa, vai gostar de saber que n'A Valenciana pode fazer o seu pedido para levar.

classificação
5 /10

2 - Taverna de Alcântara

A ementa da Taverna de Alcântara inclui propostas diferentes todos os dias, lado a lado com os pratos típicos de qualquer bom restaurante português. Bacalhau com natas ou à Taverna, massada de tamboril com gambas e os bifes em várias modalidades, é tudo confecionado e servido num ambiente genuinamente familiar. Dada a sua vocação para receber grandes grupos, a Taverna de Alcântara tem menus especiais, servidos a um preço mais económico. Tem ainda à disposição um bom conjunto de boas entradas e também deliciosas sobremesas, sempre alinhadas com o melhor receituário tradicional português.

classificação
5 /10

4 - Primo Basílico

No Primo Basílico as pizzas são confecionadas em grandes tabuleiros e de acordo com a tradição italiana, pelo que estão interditas variedades exóticas com frango, ananás ou banana. O que está disponível são pizzas de presunto fumado com curgetes, com salame e fiambre italianos, com queijos e a margherita. Todas vendidas em menus que incluem uma fatia (aquecida no momento) e uma bebida. Também há sobremesas como calzone de chocolate e crostata de frutos vermelhos. O café, italiano, merece uma referência. Este restaurante encerra aos domingos e aos almoços de segundas-feiras. Aos sábados está aberto desde o meio-dia até à meia-noite. Atenção que não aceitam cartões de débito ou crédito.

classificação
5 /10

5 - Cabaças

No Cabaças não há menus complicados, é um restaurante simples para clientes pouco exigentes. A especialidade da casa, servida em quase todas as suas mesas, é o naco na pedra, um pedaço de carne crua que chega à mesa com uma pedra lisa a ferver. Já sabe o que fazer a seguir: preparar a sua própria carne, evitar queimá-la, pedir mais um jarro de sangria e travar amizade com a mesa do lado. Também estão disponíveis outros pratos, mas todos da gastronomia lisboeta, como por exemplo arroz de polvo e picanha.

classificação
5 /10

6 - H3

Hamburguer H3A H3 é uma cadeia portuguesa de fast food, que reinventou o conceito do hambúrguer gourmet. Os seus promotores apostam numa cozinha entre o fast food e o gourmet, algo como «not so fast food». Aqui no Chiado está uma das suas lojas mais emblemáticas, mas os restaurantes H3 estão espalhados por dezenas de localizações em Lisboa e noutros pontos de Portugal, Brasil, Espanha e Polónia. Como restaurante de fast food que é, o H3 oferece uma experiência do atendimento rápido, sujeita a menus pré-definidos e a preços económicos. Mas os hambúrgueres são mesmo bons, de carne fresca e acompanhados por arroz thai e batatas fritas estaladiças. Pode selecionar a variedade mais simples (hambúrguer grelhado) ou menus com molho, com cogumelos, com queijo, tuga (com molho à portuguesa e ovo a cavalo), benedict (com molho holandês, ovo escalfado e espinafres) ou num pão especial (foccacia).

Loja H3Se não estiver numa de hambúrgueres, experimente os croquetes de alheira, em alternativa. Como extras, tem salada com molho vinagrette ou esparregado de espinafres. Os menus incluem ainda uma bebida e pode optar por limonada (mesmo feita com limões), chá gelado, refrigerantes ou água. Nas sobremesas, escolha entre um coulant de chocolate com gelado ou profiteroles com açucar em pó. Se preferir gelados, tem à sua disposição os Everydae. Este H3 do Chiado fica aberto até às 2h00 da manhã, de quintas-feiras a sábados. Os horários podem variar nos outros restaurantes H3, de acordo com os espaços em que estão localizados.

Recomendado
Acomodação airbnb
Publicidade
Junte-se a nós
Noticias
2014-09-16
O VERA World Fine Art Festival tem início já amanhã, 17 de setembro, na Cordoaria Nacional, com a participação de 80 artistas de todo o mundo, sendo um terço desses artistas portugueses. Após 7 edições...
2014-09-15
Sete concertos de música clássica em diferentes espaços de Lisboa, Queluz e Sintra, até 10 de outubro, é o que o Goethe-Institut de Lisboa propõe ao público na 5.ª edição do Festival Cantabile. Numa coprodução...
2014-09-12
A Casa Courense, situada na rua General Taborda, em Campolide, acolhe nos dias 20, 21, 27 e 28 de setembro a exposição Mini Arte em Peças. Trata-se  de uma exposição de e para os entusiastas do LEGO,...

Ezimute



Aguarde um momento enquanto efetuamos o seu pedido


Já é membro?
Para comentar tem de ser membro
----------- ou -----------
Explorar como convidado
Recuperar password